discussão

#38 Uma triste história de poliamor (8 DIÁLOGOS NO BALCÃO DO BAR)

bar3_30x30

 — Tava assistindo um programa outro dia, onde a apresentadora, uma baita de uma gostosa, tava falando sobre relacionamento. Ai começaram a falar de um tal de poliamor, só de ouvir o nome logo pensei: “deve ser alguém que tem tesão por essas mulheres que se esfregam no pole dance”. Mas pior que não. É um tal de relacionamento a três, ai pensei: “porra, eu tenho esse negocio aí de poliamor. Eu, minha mulher e minha amante.” Ai a apresentadora explicou que os três são ciente do relacionamento. Ai pensei: “minha mulher não sabe, então não é poliamor”. Até ai eu tava achando que era tipo ânus.
— como assim tipo ânus?
— Ânus não é um nome bonitinho pra cu? Eu achei que poliamor era um nome moderninho pra traição. Mas os três sabem, um relacionamento com três, ou mais pessoas, só isso.
— Agora eu fiquei curioso, o que mais falou nesse programa ai, Paulo Victor?
— Eu não sei, minha mulher veio começar uma discussão comigo. Taynisson, eu já desistir, joguei a toalha!
— Vai deixar a mulher mandar em ti?!
— Joguei a toalha molhada em cima da cama. Hahahah

 — hahaha. É isso aí, tem que mostrar quem manda.
— Mas na real, meu casamento tá aquele tipo de relacionamento que tem tanta discussão, as discussões são tão presentes que tô até começando a achar que tô vivendo mesmo um poliamor, eu, minha mulher e a discussão. E o pior, às vezes, eu acho que ela sente mais prazer com a discussão do que comigo na cama.

Anúncios

#27 Um brinde 

bar2_30x30

Imagem tirada do blog LIQUIDIFICORDEL

A Thais sentou em frente ao Diogo e o Dennis ocupou a cadeira rente a cadeira que estava o Glauber e assim todos se sentaram na mesma mesa. O Diogo é namorado da Thais, o Glauber é do Dennis.

O Glauber é o Dennis estavam brigados, a Thais e o Diogo também. O Dennis e a Thais são amigos de infância e seus namorados são amigos que se conheceram no trabalho.

Os casais vieram ao bar comemorar a reconciliação. Levado pelo momento, o Diogo levantou o copo que estava cheio de cerveja e propões um brinde: — Um brinde a esse sentimento incrível que consegue juntar pessoas diferentes chamado amor. Todos brindaram.

 — Um brinde a nós que estamos aqui todos felizes brindando o amor. — Disse a Thais logo em seguida. Brindaram todos

Quando conheceu o Dennis, o Glauber se descobriu homossexual e logo em seguida descobriu a homofobia, só ainda não conseguiu descobrir como o amor e até um ato de carinho entre duas pessoas em público pode ofender alguém. Por segurança, são raros os lugares onde eles trocam carícias.

 Aproveitando a deixa, ele também propôs um brinde: — Um brinde ao amor e que um dia o ato de carinho entre duas pessoas não seja considerado um insulto para os outras. Todos brindaram.

— Também quero propor um brinde ao amor, as várias formas de amor  — disse o Dennis. Todos brindaram.

O Diogo disse: — Que nenhuma briguinha boba seja capaz de nos separar de quem nós amamos. Apenas o Diogo e o Glauber brindaram.

Foi a vez da Thais: — Que nem uma discussão importante seja tratada como briguinha boba e assim os casais sejam mais felizes. Apenas a Thais e o Dennis brindaram.

O Glauber levantou novamente seu copo e propões: — Um brinde pra quem sabe que evitar uma briga é melhor do que brigar. Novamente apenas o Diogo brindou com ele.

O Dennis logo chamou a atenção pra si — Um brinde a quem tem noção que sem discutir um problema, ele dificilmente vai ser resolvido. De novo só a Thais levantou o copo pra brindar com seu amigo.

A cada brinde os quatro davam um gole na cerveja, eles brindavam na mesma proporção que bebiam, já tinham discutindo sobre tudo, opa, discutido não, brindado e continuavam:

Glauber: —Um brinde pra quem é realista e sabe que cantora pop não faz música pra te emponderar e sim porque tem toda uma pesquisa de mercado pra encontrar uma forma de conquistar publico e dinheiro. Só o Glauber e o Diogo brindaram.

Thais: — Um brinde pra quem sabe que jogador de futebol é apenas um funcionário do time e não alguém que joga por amor ahahaha a camisa. Apenas o Denis e a Thais brindaram.

Diogo: — Um brinde pra quem não é irracional a ponto de brigar com amigas por causa de diva pop. Apenas o Diogo e o Glauber brindaram.

Dennis: — Um brinde pra quem é racional e não briga com amigos por causa de time futebol. Só a Thais e o Denis brindaram.

Thais: — Um brinde a solterice, esse incrível presente de Deus que ganhamos e que nos deixa ser felizes sozinhos e se divertir sem compromisso e também nos deixa livres pra conhecer pessoas novas e mais interessantes do que os que já passaram pelas nossas vidas. Todos brindaram.