Mês: fevereiro 2019

#52 Nem sua comida é capaz de fazer eu desistir de você

belmont_33x33

Só depois de quatro meses de relacionamento que ele foi pela primeira vez provar a comida dela na casa onde ela mora só com o seu namorado, não, eles não são um casal moderno adeptos do poliamor, o namorado em questão é o nome do gato da anfitriã. Quando ele foi apresentar sua nova namorada para a família em um almoço de domingo com todos os membros reunidos à mesa, e ela disse que mora só com o seu namorado, ela foi interrompida e todos ouviram do avô, que já tá naquele idade que sabe que pode falar o que quiser que ninguém vai quebrar a cara dele por respeito: “dois namorado?! Tu é gulosa, hein, minha filha!”. Ela se explicou e todos trataram de esquecer do constrangimento que o comentário causou.

Como era a primeira vez que o seu namorado vinha comer em sua casa, ela se esforçou bastante para fazer o melhor jantar possível, pois sabia que ele era tão chato pra comer que só não é crítico gastronômico profissional porque não recebe pelas críticas que faz.

Enquanto eles estavam jantando, ela percebeu que o cara que tanto tentava impressionar não tinha talento só para crítico gastronômico, tinha também para ator, pois fingiu que estava gostando da sua comida.

 Enquanto a dona da casa estava começando a lavar a louça e o visitante percebeu que ela iria começar a perguntar o que ele tinha achado da comida, ele abraçou ela por trás, enrolou o cabelo dela em sua mão e começou a beijar o pescoço dela, logo após os primeiros gemidos ele começou a masturba-la, depois foi beijando a costa da sua namorada, levantou a saia que ela estava usando, colocou a calcinha por lado e começou um beijo grego, a única coisa que não fez foi beijar-la na boca, pois a boca dela ainda estava com o gosto da comida.

__________________________________________________________

Esse último paragrafo do texto “Nem sua comida é capaz de fazer eu desistir de você” foi o suficiente pra a Tayna esbravejar com o Marco aqui no bar: — Deixa eu ver se entendi, duas semanas atrás você comeu minha comida pela primeira vez e agora me mostra esse seu novo texto sobre um casal onde a personagem cozinha tão mal que o namorado prefere sentir o sabor do, olhou em volta, viu que o bar estava cheio e revresol não citar o que se tratava, mas prosseguiu brigando com o namorado, depois se levantou e foi embora sem dá ouvidos para as explicações do escritor. Eu que prestei atenção em toda a trama fiquei com uma certeza, que o próximo texto do Marco será sobre fim de relacionamento.

Anúncios