#43 Neto traumatizado, avó feliz

bar3_30x30

Existe avó protetora e tem também avó superprotetora, super pois é uma heroína, ou seja, uma droga. É com esse trocadilho nível tio do pavê que começo esse texto sobre a senhora e o seu neto que moram a cinco casas de onde fica o bar.

Dona Cremilda andava bastante preocupada com seu neto Romilson de 10 anos, pois estava em tempo de pipa, coisa na qual o garoto era viciado.

A senhora que faz 10 anos que chegou na terceira idade, ficou sabendo que o Romarinho, filho da Rosa, a Rosa que é filha do seu compadre Silva, foi atropelado quando atravessou a rua correndo atrás de papagaio e tá agora tendo que andar de muleta.

Por isso a Dona Cremilda achou que teria que tomar alguma atitude pra não acontecer o mesmo com o filho da sua filha. Como ele também gostava bastante de ler, ela o presenteou com o livro “o caçador de pipas”.

O Romilson lia o livro apenas à noite, pois estudava pela manhã e passava a tarde toda empinando e correndo atrás de pipa.

Até que ele parou de fazer isso que tanto gostava, pois ficou traumatizado quando leu que o personagem pobre do livro tinha sido estuprado numa viela vazia quando corria atrás de papagaio.

O menino ficou impactado e a avó ficou feliz por ver o neto ficando em casa em segurança. O neto perturbado e achando que poderia ser estuprado a qualquer momento era só um detalhe, o importante é que ele está ficando em casa em segurança fazendo companhia a avó.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s