#15 A missão (3 Diálogos no balcão do bar)

bardogomes_50x31-1

Imagem retirada do blog LIQUIDIFICORDEL

— Ei, cara, tu não foi na pelada por quê?

 — Tinha uma missão pra fazer.

— Uma missão tipo coisa de trabalho. Ou uma “missão”?

— Uma “missão”

— Ah e moleque, se deu bem. Caçapa, traz mais uma que essa eu pago!

— Quem dera, me dei foi mal .

— Não acredito, falhou na missão? Se tu fosse do Bope, tu seria o zero a esquerda. Bicho, não dá pra te elogiar.

— A missão era complicada. A polda me mandou uma mensagem dizendo que queria brincar de médico, ai fui lá na casa dela todo animado.

— Chegando lá ela não conseguiu reanimar o morto que tu teu ai, né? Hahah

— Não, caralho. Cheguei lá ela tava tão louca pra brincar de médico que ela tava de jaleco e tudo. lá descobrir…

— Que tu é um zero a esquerda e não tem capacidade de completar a missão.

 — Deixa eu acabar de falar, porra. Chegando lá descobrir que ela ia ser a médica e eu o paciente que ia fazer exame de próstata.

Anúncios

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s